English Version
 
 
Que tal ?
Clarisse Grova e Afonso Machado
Ref.:
RD169
Gravadora:
- Rob Digital
Valor:
de R$ 24,90 por R$ 16,40

Afonso Machado, bandolinista, arranjador e produtor, dedicou a maior parte do seu tempo a interpretações e arranjos de
grandes compositores da música brasileira. No palco atuou com Cartola, Elton Medeiros, Raphael Rabello, Paulinho da
Viola, Elza Soares, Miucha, Nelson Cavaquinho, Wagner Tiso, Paulo Moura, Radamés Gnattali e Chiquinho do Acordeon.
Gravou em diversos discos, alguns dos quais produziu, de figuras como Nelson Sargento, Elton Medeiros, Delcio
Carvalho,e do grupo Galo Preto, que lidera há muitos anos. Mas de seu mesmo só produziu em 2004 o CD Bandolim do
Brasil – Rob Digital - com obras instrumentais.

Desta vez Afonso mostra no CD Que Tal? suas canções, em que aparece como letrista e melodista, em parcerias com
Elton Medeiros, Paulo Cesar Pinheiro, Carlinhos e Dora Vergueiro, Roberto Pinto e Luiz Moura. As músicas variam em
estilo, indo do samba ao choro passando por modinha, choro-canção e samba-canção, e têm como principal elemento
harmonizador a belíssima interpretação da cantora Clarisse Grova. Clarisse é daquelas intérpretes de timbre divino que
toca no mais fundo da alma da gente. Sua longa trajetória nas noites cariocas foi acompanhada e admirada por músicos
do calibre de Luiz Eça, e entre seus discos tem um só com canções de Cristóvão Bastos e Aldir Blanc. Afonso pode ter
demorado em mostrar suas canções, mas esta demora valeu à pena, pois traduziu-se em beleza, harmonia e sutilezas,
que os amantes da boa MPB saberão apreciar.

Que tal?

Esse é um belo disco de parte da obra de meu amigo e parceiro Afonso Machado, um grande bandolinista e compositor, e
agora também letrista (acho que dancei...). São bonitas as doces interpretações de Clarisse, transmitindo, com sua voz
segura e precisa as emoções que as canções derramam. Outra boa surpresa é Dora, que vi ainda bem menininha,
escrevendo verso pra samba (é... definitivamente acho que dancei mesmo). O CD é muito agradável de ouvir. Nem se
percebe quando termina. O remédio é voltar para a primeira faixa e começar tudo de novo. Fora Desacalanto, linda
modinha sentimental, o momentos mais comovente, sem dúvida, é a recordação do velho Raul (pai de Afonso), figura que
faz falta e me lembra tempos tão sublimes da minha vida. Essa, meu querido parceiro, deu nó na garganta. Boa sorte pra
esse trabalho.

Sinceramente,

Paulo César Pinheiro

Repertório:

1) Que tal ?
2) Boêmio
3) Na cara do gol
4) Choraste ?
5) Ares de atriz
6) Daquele jeito
7) Vida boêmia
8) Folha amarela
9) Desacalanto
10) Pra que se despedir
11) Toque
12) Prece



Ouça trechos das músicas em MP3

 

 


Rob Digital
Rua Carlos Machado, 176 - Pólo Rio Audiovisual
Barra da Tijuca - Rio de Janeiro
Tel: (21) 3042-2069 | (21) 3042-5253 | (21) 8222-2143 | Fax: (21) 3042-2069
contato@robdigital.com.br